domingo, 22 de fevereiro de 2009

Frenesi de problemas.

Cheiros, todo tipo de cheiros.
Todas os cheiros dançando num espaço escuro e quente.
Todas as formas de ver o mundo num espaço tão pequeno.

Eu entrei em frenesi.

Mas ao mesmo tempo que existe o entusiamo, eu tenho comigo mesma certos problemas.
Problemas meus, que ninguém é capaz de entender.

Você NÃO manda em mim. Eu faço a minha parte, mas dessa vez vai ser diferente.

Ela me mandou dizer 'não', e eu ainda estou treinando na frente do espelho.
Eu preciso disso, eu preciso, eu preciso.

Meus pés parecem flutuar, e tudo que eu fiz não quer dizer que cresci.
Quer dizer que alguém feriu meu ego de tal forma...
AHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Eu vou dormir, e dormir, dormir e dormir um pouco mais.
Não tem forma melhor de deixar o tempo passar.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir